26.8.16

Slingando

Isto podia ser o novo dueto do Enrique Iglesias e do Mickael Carreira, mas não... é apenas o título do meu post sobre um acessório que tem sido um dos meus melhores amigos: o sling!

Slingando no passadiço da praia

Slingando na praia

Slingando na praia again

Slingando nas limpezas da casa

Slingando na relva

Slingando antes do cafézinho com as amigas

Slingando depois do cafézinho com as amigas

Há bebés que não gostam muito disto, mas a maioria adora, principalmente se foram habituados desde cedo. Ficam encostadinhos a nós, a ouvir os batimentos do nosso coração, podem estar mais tapadinhos ou assim descapotáveis, é à escolha do freguês, ou neste caso do bebé! E o melhor disto tudo? Kit mãos livres! Do melhor!

24.8.16

#movimento mães sem sono

Antes de ser mãe toda a gente me avisou que além de ser a melhor coisa do mundo era uma canseira desgraçada: dorme, come, arrota, bolça, troca a roupa toda, bolça outra vez, deixa estar que um bocadinho de bolçado não faz mal, dorme outra vez, muda a fralda, caga-se todo, caga-me todo, mija-me para cima, chora e toma lá tudo do princípio...

Eu sinceramente não sei do que essas pessoas falam. Eu cansada nos dois primeiros meses? Que disparate! Eu sempre aderi ao #movimentomãessemsono e estive impec:


Fotos carinhosamente captadas pelo pai em momentos de fraqueza. 

9.8.16

#Welcome Lucas ou o post que vem com 4 meses de atraso!

Há blog mais parado que este? Há vários... Mas este não mexe desde Março! Março... esse mês com tanto simbolismo e que agora vai ter sempre um lugar especial na minha vida: o mês do Lucas.
O miúdo veio dar o ar da sua graça a este mundo no dia 31 de março às 15h55 com pouco mais de 2,500kg e com cerca de 45cm.

O Lucas, aka Mogli (nome pelo qual é carinhosamente chamado em casa) nasceu num dia lindo cheio de sol, depois de vários dias de stress em que estive sempre enfiada em hospitais, ora para fazer CTG's que duravam cerca de 3h30 e que enquanto não acabavam me faziam enfardar chocolates e bolos com creme até o miúdo chutar mais que o Éder na final do Campeonato da Europa, ou para levar injeções no rabo, ou para ser socada na barriga até me rebentarem 6 estrias à volta do umbigo, ou para outros fins que agora não me recordo.
Percentil baixo, pouco líquido, placenta velha... Tudo isto deu azo a uma cesariana antecipada às 37 semanas e qualquer coisa!

(foto tirada no dia antes do Lucas nascer)

Havia algum receio à mistura, pois não sabíamos bem que peso este pequeno Mogli iria ter, mas uma coisa era certa: lá dentro é que ele não queria estar mais. Apressadinho...
Correu tudo bem e a partir desse dia começámos a ser ainda mais felizes para sempre!


Desde esse dia que tanto tenho descoberto e aprendido sobre a maternidade...
Cocós na cara, bolçados no ombro (sim gente, bolçar é com c de cedilha, não sabia mas aprendi esta), chichis apontados, ... podia falar de tantas coisas mas há que trabalhar na taxa de natalidade deste país, que pelos vistos está a crescer e a qual eu não posso estragar com estes devaneios realistas da coisa.

Prometo voltar com muita bipolaridade: histórias de derreter o coração de tanto amor e outras histórias de atrasar qualquer relógiozinho biológico!

Stay tunned...

Ahhh e #welcomeLucas que qualquer dia já estavas a entrar na faculdade e eu ainda nem tinha vindo aqui escrever sobre o teu nascimento. Mas sou tua mãe puto, tinhas sempre de me perdoar porque é isso que os filhos fazem com as mães espectaculares =)

19.3.16

#9 meses

Ainda não há post do 7º nem do 8º mês, mas hoje que chego oficialmente ao 9º mês achei por graça saltar os outros dois! A verdade é que me têm chateado para voltar a escrever e eu como bom pau mandado, aqui estou...


Na verdade eu continuo a não me poder queixar de muito, sinto-me super bem e quero fazer tudo, mas o puto já se começa a ressentir desta loucura toda (#fraquinho)...

- Isto nesta fase tem dias que continua a ser muito giro e tem outros que era melhor bater com os dois dedos mindinhos na mesa variadas vezes ao dia!
- Caramba... este andar de pinguim já não tem nada de sexy, e às vezes nem de cómico...
- A quantidade de cremes que tenho de pôr não lembra a ninguém! Às tantas estou a pôr o creme dos mamilos na boca, o das estrias na cara e o da cara na barriga... Não há um 3 em 1 para esta fase? Senhores das invenções, atentem a isto, porque uma pessoa ter de distinguir entre vários cremes às não sei quantas da noite, já cheia de dores nas cruzes, é dose....
- A azia também parece ter vindo fazer umas visitas (e ninguém a convidou)!
- Cortar as unhas dos pés é tão difícil que há dias que prefiro ser um ogre e deixá-las crescer até furarem os sapatos (que se lixe)!
- O miúdo é pequeno, o líquido é escasso, por isso a questão é: de onde vem esta barriga gigante? Há dias em que está perfeitamente normal e outros que fico a pensar que engoli um balão durante uma crise de sonambolismo à noite... É que não pode haver outra explicação!
- E roupa para isto? É que eu não sou moça de crop tops, mas está a ficar difícil senhores, muito difícil!

Mas agora que está a chegar ao fim... acho mesmo que vou ter saudades!

12.3.16