9.4.14

A Boavista # o que visitar

A ilha da Boavista é um pequeno paraíso ainda por descobrir... Tudo muito natural, muita terra e muito mar a perder de vista! Uma ilha que está prestes a tornar-se um centro de turismo em Cabo Verde, mas que ainda tem uma ingenuidade e beleza fora do normal!

Quando decidi ir pesquisei em  alguns blogs e sites quais os sítios que não devia mesmo perder, mas depois de voltar já tenho a certeza do que vale mesmo a pena e por isso não quero guardar só para mim...
Tivemos a sorte de conhecer a pessoa ideal na nossa chegada, de quem ficámos amigos, que nos levou a passear por todos os sítios, mas sem ser na típica excursão com imensa gente. Era uma carrinha só para nós e acho que vale muito mais a pena: pelo dinheiro (porque acaba por sair mais barato do que os pack's que vendem os operadores turísticos) e pela qualidade do passeio (porque vamos ao nosso ritmo e definimos o tempo que queremos demorar em cada sítio). Para dar uma noção de preços, uma visita de meio dia saía a 10€ por pessoa!

Então aqui vai o meu top por ordem de preferência (ou quase vá):

1 - Deserto de Viana (um deserto a perder de vista, cheio de dunas e com uma dimensão de tirar o fôlego)


2. Praia de Santa Mónica (18 km de areal a perder de vista e sem ver ninguém... um mar azul céu e uma temperatura de água maravilhosa)


3. Praia da Varandinha (uma praia especial e cheia de segredos... Numa das rochas há uma entrada secreta que vai dar a uma gruta com água la dentro. Atenção que para entrar tem de ser mesmo de joelhos, por isso não é fácil descobrir, mas vale a pena)



4. Barco encalhado (de todos os lugares foi o único que me decepcionou por ser muito diferente do que imagina e por tudo à volta ser tão sujo... nunca vi tanto lixo na praia, mas vale a pena e é cartão de visita obrigatório)


6. As salinas (vista maravilhosa e um local sempre bonito de se visitar)


7.O artesanato local em Rabil (uma das povoações mais conhecidas da ilha. Aqui o artesanato é feito mesmo por locais, já que vão ver em muitos sítios senegalenses a vender artesanato que não é típico de Cabo Verde)



8. As muitas praias e miradouros da ilha (são tantas que não dá para saber os nomes de todas, mas vale a pena rodar a ilha e ir parando para conhecer)







9. A vila de Sal Rei (esta é passagem obrigatória para jantar, para fazer compras...)





10. A barraca (o bairro social mais conhecido da ilha... mas este é demasiado especial, vai ter um post próprio)

Há muito por descobrir nesta ilha... Este é só um cheirinho do que se pode fazer!
Quem quiser o contacto do nosso guia pode pedir através do nosso facebook ou por comentário no post e eu forneço!

Aguardem pelos próximos capítulos da saga da Boavista

1 comentário:

  1. Esse guia que refere não será o Emitério Lima?

    ResponderEliminar